Como diminuir o CPC? 5 estratégias para otimizar anúncios e aumentar vendas

23 Out, 2020

1. Entenda suas contas

 

O primeiro passo é saber o que você está fazendo com seu orçamento e o equilíbrio com as receitas. Você sempre terá que investir em campanhas PPC (pague por clique) para ter uma boa performance de vendas. O Google Adwords funciona como um leiloeiro, ofertando anúncios para o mercado. Quanto maior é a concorrência nele, mais caro é o preço para chegar em seu público-alvo.

 

Diante disso, fica indispensável a otimização de seus anúncios para ter excelentes resultados em seu ROI (Retorno Obtido sobre Investimento).

 

ROI = (lucro – custos) / custos

 

Como se pode ver pela fórmula do ROI, o custo tem uma parcela fundamental em seu desempenho. Um desses custos é representado por todo o investimento embutido na concepção de seu produto ou serviço. Já o CPC (custo por clique) é a parte que queremos reduzir. Ele representa a cobrança por cada acesso recebido em seu site, ou seja, a média do preço de cada clique, baseada no orçamento total da campanha e o número de cliques recebidos.

 

CPC = (custo + custo) / nº de cliques

 

Vamos a um exemplo prático de como o CPC é crucial:

 

Maria é artesã e resolveu vender suas camisas anunciando no Google Ads. O custo para a confecção da camisa gira em torno de R$20 reais e o preço de venda é R$100. Até aí, o lucro é de R$80 por camisa, no entanto, ainda não levamos em consideração o custo que ela terá para vender suas peças.

 

Supondo que Maria tenha depositado R$200 para um CPC de R$2,50. Ela obteve 80 impressões e vendeu 4 camisas. Seu ROI ficou:

 

ROI = (60*4) – [(20*4) + 200] / 20*4
ROI = -0,5 = -50%

 

Mesmo com uma boa margem entre preço e custo do produto, Maria teve prejuízo e o CPC foi fundamental para esse resultado. Se nossa artesã tivesse anunciado a um custo menor poderia aumentado o número de impressões e vendas ou ter gasto bem menos que R$200 para alcançar esse número de conversões.

 

Veja agora, algumas estratégias que certamente poderiam ter ajudado a melhorar o ROI de Maria e que podem ajudar o seu!

 

 

2. Use palavras-chave específicas (long tails)

 

Sempre que for escolher uma palavra-chave, leve em consideração dois quesitos principais: pertencimento ao seu negócio e mercado concorrente. Sua palavra-chave precisa ter relação com o tema do conteúdo a ser colocado em destaque. No entanto, levando em consideração apenas o primeiro quesito, muitas outras empresas também podem ter interesse nessa palavra, o que acirra a concorrência e inflaciona o leilão.

 

Palavras-chave muito genéricas podem ser um erro. Primeiro porque são naturalmente mais caras devido a alta concorrência. Um segundo fator é que ela pode representar um tipo de produto, mas não representar o seu nicho. Por fim, também são palavras que vendem menos, pois são consideradas topo de funil.

 

Neste sentido, afunilar mais o foco da sua palavra-chave pode melhorar consideravelmente a qualidade de seu anúncio, ao atingir um público mais direcionado e com um custo melhor.

 

Veja também: 3 segredos para escolher as melhores palavras-chave para seu site

 

 

3. Crie anúncios segmentados e faça testes A/B

 

A ideia é melhorar a conversão e reduzir os custos com o Adwords. Para alcançar esse objetivo, um único anúncio será insuficiente. É preciso criar anúncios diferentes e personalizados e com landing pages diferenciadas de acordo com o assunto que será abordado no link. Quanto maior for o nível de segmentação e fidelidade de cada campanha com sua persona, maior é a probabilidade de conversão.

 

Outro benefício será o de obter relatórios inteligentes que irão dizer quais anúncios performam melhor. Isso vai possibilitar você concentrar as palavras-chave com melhor performance de modo a poder produzir novos anúncios com base nessa informação, por exemplo.

 

Ao avaliar os efeitos de cada ação, melhor será o seu know-how para as próximas campanhas.

 

 

4. Remarketing é um bom atalho!

 

Se um usuário clicou em seu anúncio no Google, ele já demonstrou que pode ter interesse no que você tem a oferecer, mesmo que por hora você o contabilize em sua taxa de rejeição.

 

Considere que você pode ter alcançado a pessoa certa, porém no momento errado. O Retargeting é uma estratégia simples e que funciona de forma pontual para esses casos. Ele permite que você mantenha sua marca em evidência para os visitantes que te rejeitaram depois que deixaram seu site. Assim você e o cliente não se perdem de vista.

 

 

5. Melhore seu CTR (Taxa de cliques)

 

O CTR é a grandeza que considera o número de cliques obtidos diante do número total de vezes que ela foi exibida (impressões). Uma boa taxa de cliques é um sinal positivo que demonstra que seu anúncio está mais certeiro e tende a performar melhor.

 

Além disso, também se reduz o custo em anúncio de forma indireta (vender mais gastando menos) e por meio do Quality Score que incide diretamente no CPC. Quem entender a estratégia 1 e souber aplicar as estratégias 2, 3 e 4 mencionadas neste artigo, com certeza também verá resultados positivos em seu CTR e claro, nas vendas!

 

 

Gostou do conteúdo? Nós esperamos que sim! Veja outros conteúdos como esse em nosso Blog, Facebook e Instagram! A Innsite é uma agência de marketing digital em Sorocaba SP, preparada para dar soluções digitais a qualquer negócio. Entre em contato conosco!